Versos Crísticos


::: Versos Crísticos ::: by André Victtor

No silêncio de um bosque eu estava
Havia uma mesa em formato de cruz
Sentei-me no banco e fiquei esperando
Que entre as árvores se manifestasse a Luz

Uma brisa suave sentiu minha alma
E entre duas colunas Ele apareceu
Com voz serena de um mestre amigo
Sentou-se ao meu lado aquele galileu

Conversamos por horas e horas
Tomamos o vinho e repartimos o pão
Ali eu me sentia muito seguro
Estava com Deus em plena comunhão

Perguntei sobre tudo e sobre a vida
Inclusive perguntei sobre mim
As respostas eram justas e perfeitas
Assim como as flores de um jardim

Depois de muito ensinamento
Não sei mais o que ali aconteceu
Adormeci e talvez sonhei tudo isso
Pois naquela mesa só restava eu

Mas algo Ele me deixou de presente
Que aqui eu insisto em compartilhar
O homem somente receberá a Luz
Se realmente aprender o que é amar

Mas de nada valerá as ferramentas
Se a obra nunca se iniciar
Ficará como passos perdidos
Se você jamais as praticar

* * *




foto: autor desconhecido




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar deste Blog !
Seu comentário será exibido em breve !