Versos Estimáveis


::: Versos Estimáveis ::: by André Victtor


Aqui jaz um turbinho...

Que ainda filhote e chorão,
tinha pêlo brilhante,
era lindo e bravinho.

Aqui jaz um turbinho...

Cãozinho serelepe,
jovem, travesso
e sempre doidinho.

Aqui jaz um turbinho...

Que adorava ir pro terreno,
corria o dia todo,
pulava dentro da piscina,
e se molhava todinho.

Aqui jaz um turbinho...

Que viu meus filhos crescerem,
nossa casa ser construída,
ele era o nosso bichinho.

Aqui jaz um turbinho...

Que ganhou um companheiro,
um outro cachorro ligeiro,
guardiões o dia inteiro.

Aqui jaz um turbinho...

Que nunca teve luxo,
mas tinha sua bela casinha
e o seu querido paninho.

Aqui jaz um turbinho...

Que com o tempo envelheceu,
agora muito velhinho,
ficou doente e faleceu.

Aqui jaz um turbinho...

Que junto dele levou
um pedaço de todos nós
e um outro dele deixou.

::::::: ::::::: ::::::: :::::::

* Homenagem ao nosso cachorrinho que partiu em 04/07/12.   * Beethoven (1999*2012)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar deste Blog !
Seu comentário será exibido em breve !