Sobre o Valor Humano


Deus sempre permite que a natureza nos mostre algo extraordinário, capaz de nos fazer refletir novamente sobre o que somos, de onde viemos e para onde vamos. Somos seres inteligentes e muito ansiosos, mas que ultimamente estamos experimentando o sabor da nossa velocidade. Nessa Era da informação digital lemos e aprendemos de tudo, mas aplicamos pouco daquele conhecimento básico e necessário. Aplaudimos de pé as novas tecnologias que surgem no mercado, mas esquecemos de elogiar e incentivar o brilhante trabalho artesanal do nosso colega. Conectamos com pessoas do outro lado do planeta, mas não temos mais interesse na vida das pessoas mais próximas e ligadas a nós. Inventamos mil e uma inutilidades que possam nos trazer algum conforto e agilizar o nosso dia-a-dia, mas não temos mais tempo para nada e nem mesmo paciência para aprendermos a usar plenamente tudo aquilo que compramos. A cada dia que passa nos ilhamos ainda mais e estamos perdendo aos poucos o valor das coisas e o sentido da vida. O mundo precisa passar por uma nova modelagem, que busque trazer de volta o equilíbrio do homem. Esse equilíbrio consiste talvez em descobrir ou ser presenteado com uma nova forma de energia, que possa dar continuidade na evolução humana, sem machucar o planeta e o próprio homem que o habita.


André Victtor


O "onipresente" - Monte Roraima -  Foto do Oxford University Cave Club

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar deste Blog !
Seu comentário será exibido em breve !